Como se pratica o Budismo de Nitiren Daishonin?

A prática se resume à recitação do Gongyo (prática complementar) e do Daimoku (prática principal) pela manhã e à noite

Gongyo é a recitação do capítulo Hoben (Meios) e do trecho Jigague do capítulo Juryo (Revelação da Vida Eterna do Buda), considerados os mais importantes entre os 28 capítulos do Sutra de Lótus.

Recitar Daimoku é o mesmo que recitar Nam-myoho- rengue-kyo, que significa “Devotar a vida – Lei Mística – Causa e Efeito – Eternidade da Vida”, por repetidas vezes. “Myoho-rengue-kyo” é a tradução do título do Sutra de Lótus (“Saddharma-pundarika Sutra” em sânscrito) para o chinês, feita por Kumarajiva. E “nam” deriva do sânscrito “namus”, e significa “devoção”. Quando for recitar, pense em algo que deseja concretizar. Ao recitarmos Nam-myoho-rengue-kyo, nos conectamos com a Lei Mística que rege o universo, que é a Lei da Causa e Efeito. Neste exato momento, estimulamos em nós o Estado de Buda, além de entrar em sintonia com as forças em equilíbrio do universo. Assim, criamos força para lutarmos por nossos objetivos, além de atrair “boa sorte”.

buda1Começa-se com o Gongyo (capítulo Hoben e trecho Jigague) e logo em seguida o Daimoku (Nam-myoho-rengue-kyo). A recitação deve ser feita de olhos abertos, com a postura ereta, sentado em uma cadeira ou no chão, com as mãos juntas na altura do peito. Se ainda não tem o gohonzon, deve-se recitar olhando para frente, em uma parede em branco, ou escreva seu desejo em um papel e o coloque na parede. Não devemos ter uma postura de pedinte, mas de realizadores, agradecendo mentalmente o que temos hoje e o que queremos receber com forte determinação. Enquanto recita, a voz deve ser alta e clara, de modo a sentir a vibração das vogais em seu corpo. O ritmo deve ser rápido, mas para começar, podemos fazer lentamente para entender a pronúncia.

Você pode começar recitando o Daimoku por cinco minutos, e aumentar gradualmente. Não há um tempo limite estabelecido, vai de cada um. Mas já ouvi veteranos dizendo que o Nam-myoho-rengue-kyo é como um combustível. Se você quer ir até Campinas, usa um tanto de combustível. Se quer ir ao Japão, usa bem mais. Para onde você quer ir? Qual o tamanho do seu desejo? Esse é o tempo que você deve recitar.

Existem dois tipos de benefícios que se manifestam com a prática budista:

Visíveis – que muitas vezes parecem milagres, mas não são! É apenas a reação do seu meio ambiente à sua mudança de vibração. Ex.: Uma oferta de emprego, uma quantia em dinheiro que você precisava, uma oportunidade de estudos, um presente inesperado etc.

Invisíveis – são as mudanças internas que ocorrem no indivíduo devido à prática budista. É a sua Revolução Humana! Ex.: calma, autoconfiança, bom senso etc.

Experimente recitar o Gongyo e o Daimoku. Certamente em pouco tempo a prática te mostrará resultados. Se dê essa oportunidade e desafie-se 😉

San

Tradução do Gongyo

 

Para treinar, o Gongyo em ritmo lento

 

Anúncios

10 pensamentos sobre “Como se pratica o Budismo de Nitiren Daishonin?

  1. Pingback: História do Budismo e suas escolas | Ser Budista

  2. GOSTARIA DE PERGUNTAR SE EU POSSO ME DIRIGIR AO GOHONZON ÀS 17:00HS PARA REALIZAR O GONGYO NOTURNO? E ÀS 17:00HS MESMO CUMPRIMENTÁ-LO DANDO BOA NOITE? EU PERGUNTO POR QUE JÁ OUVI FALAR QUE PARA O GOHONZON, É CONSIDERADO NOITE A PARTIR DAS 16:3HS. PRECISO DESTA CONFIRMAÇÃO.

    • Olá, Fabio! A coisa mais importante para se entender no Budismo de Nitiren é que o Gohonzon para o qual nós oramos é aquele que está dentro de nós, e não exatamente o pergaminho a que nos dirigimos. Ele é apenas um meio para termos esse contato. Sendo assim, o que vale é o horário do seu coração. A ideia de fazer um gongyo pela manhã e outro pela noite é para que você comece e termine o dia renovado de força. Então se você tem um ritmo diferente da maioria das pessoas e vai dormir às 17h30, por exemplo, sim, você pode fazer seu gongyo nesse horário. Mas faça com carinho e gratidão, isso é essencial! Abraço!

    • Olá, Regina! O juzu não é um elemento obrigatório no Budismo de Nichiren. Algumas pessoas usam, outras não. Eu não uso. Sendo assim, vc pode usar. O que não é recomendado, por exemplo, é usar uma reprodução de gohonzon. Não sendo convertida, vc deve fazer a oração olhando para uma parede branca. Mas seria interessante participar de uma reunião, vc já participou? Recitar com outras pessoas dá uma força muito grande!
      Abraço! 😉

  3. Estou em curitiba bairro tatuquara onde posso ir em reuniões pois fui 3 vzs amei prático daimoko sos. Pois me mudei e não achei mais salas de reuniões. Me ajudem

    • Bom dia, Gomes! Sugiro você entrar em contato com a BSGI de Curitiba e pedir que eles indiquem uma comunidade para você visitar 🙂
      Rua Antonio Meirelles Sobrinho, 540, Cajuru
      Curitiba – Paraná – 82900240
      Telefone: (41) 3366-9973

  4. Pingback: Dai-Gohonzon – Ser Budista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s